article image

Fazer amizades internacionais: uma história de sucesso nos Institutos de Formação de Docentes

O uso das tecnologias na educação – um projeto TTI

TTI1

Um grupo de formadores de institutos de formação de docentes da Dinamarca, Noruega e Itália, criou um projeto eTwinning para os professores em formação. O projeto é sobre o uso das tecnologias na educação. A University College Southern Denmark (UC Syd) aderiu recentemente à rede TTI, com Sofia Rontini, professora de inglês, a encabeçar o projeto.

TTI2

Em 2011, os professores em formação a frequentarem institutos de formação de docentes passaram a poder trabalhar com o eTwinning e a tornarem-se utilizadores competentes da plataforma. As universidades dinamarquesas UC North, UC South e Absalon aderiram à rede para, durante os estudos, transformar os seus professores em formação em eTwinners ativos e integrar o eTwinning nas suas práticas docentes.

O projeto destinava-se a professores em formação. Através de um processo de cooperação, os futuros professores tiveram a oportunidade de refletir sobre o papel que a tecnologia desempenha na educação e no quotidiano escolar (extremamente relevante hoje em dia por nos encontrarmos fisicamente isolados devido à Covid-19, mas capazes de nos reunirmos e colaborarmos online). O eTwinning foi utilizado como plataforma de colaboração, na qual os professores em formação puderam trocar conhecimentos, experiências e ideias com estudantes de outros países europeus. O projeto foi realizado em março e abril de 2020.

A estrutura e as tarefas do projeto atuaram como pilares de apoio para facilitar o acesso às diferentes ferramentas e possibilidades oferecidas pelo eTwinning. Os formadores criaram o projeto no eTwinning e, mais tarde, o acesso ao TwinSpace (a página principal do projeto). Aqui, os professores em formação puderam apresentar-se, conversar, adicionar fotos, textos e vídeos.

Os 85 professores em formação foram divididos em 15 grupos, com 3 a 4 elementos de cada país.

Em seguida, cada grupo criou a sua própria página no TwinSpace e apresentou as suas respostas e resultados dos exercícios realizados em conjunto. O primeiro exercício consistiu numa apresentação:

  • Apresentação: apresentem-se uns aos outros e explorem o eTwinning. Apresentem as vossas tradições nacionais, especialmente as tradições escolares e o uso de tecnologias.

TTI4

Este exercício exigia ser capaz de colaborar numa sala de aula global, ser capaz de comunicar, compreender e ser compreendido.

Através do eTwinning, os professores em formação reforçaram as suas aptidões interculturais e orais, assim como as suas competências do século XXI. Tiveram de colaborar, comunicar, pensar criticamente e ser criativos. Todos os grupos tiveram de trabalhar em conjunto além-fronteiras para resolver exercícios, discutir e realizar trabalhos que mais tarde apresentaram online.

Em seguida, os grupos trabalharam nos seguintes exercícios:

  • Um exercício didático para desenvolver planos de aula com o apoio de tecnologias.
  • Um exercício de avaliação: como relacionar a teoria com a prática? Este exercício devia ser apresentado através de uma ferramenta digital.

TTI2

Este projeto contribuiu para a instituição de uma visão internacional e para o reforço das competências interculturais através de uma “internacionalização em casa”. Os participantes encontraram-se online e ainda não tiveram a oportunidade de o fazer presencialmente, algo este projeto eTwinning poderá vir a proporcionar.

Todos os professores em formação adquiriram um conhecimento aprofundado do eTwinning como plataforma online de colaboração. Também ganharam conhecimentos sobre o uso das tecnologias na educação em outros países europeus e melhoraram as suas competências digitais.

Além disso, o projeto proporcionou aos formadores e aos professores em formação uma rede europeia (de futuros colegas) que poderá ser alargada através de projetos eTwinning no futuro. Através dos exercícios que resolveram, os professores em formação ganharam conhecimentos, quer na esfera profissional, quer na pessoal, sobre as tradições europeias, os sistemas escolares, os institutos de formação de docentes e os materiais de ensino digitais.

Sofia Rontini, da UC Syd, adiantou que os formadores e os professores em formação da Noruega, Itália e Dinamarca concluíram ainda uma avaliação do projeto, considerado por todos um êxito. O projeto teve um impacto nos próprios professores em formação, que tiveram a oportunidade de desenvolver competências orais, interculturais e didáticas, e ainda refletir sobre como podem adaptar o seu trabalho a um contexto de ensino com os alunos. O projeto eTwinning concedeu uma excelente oportunidade aos professores em formação para conciliar a teoria e a prática de forma genuína e eficaz. Vários professores em formação optaram por incluir o eTwinning na sua tese final. Será extremamente interessante e estimulante para os alunos conhecerem professores recém-formados que também são eTwinners ativos.

TTI2

Autora: Lisbeth Kodal, embaixadora eTwinning